As 11 melhores cidades de Malta para visitar

Sobre

Malta, um arquipélago no coração do Mediterrâneo, é um tesouro de história, praias impressionantes e cultura vibrante. Embora seja um país pequeno, há muitas coisas para ver e fazer, desde cidades repletas de monumentos históricos até tranquilos vilarejos de pescadores. Quer você queira explorar fortalezas antigas, desfrutar de praias ensolaradas ou mergulhar na animada vida noturna, essas cidades maltesas têm algo para todos. Aqui apresentamos as 11 melhores cidades de Malta que você não pode perder.

Planear uma viagem a Malta

#1 Valeta

Valeta, a capital de Malta, é uma joia histórica e cultural fundada pelos Cavaleiros de São João no século XVI. Com mais de 450 anos de história, esta cidade é um museu a céu aberto. Declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO, suas ruas estreitas estão repletas de palácios barrocos, igrejas e museus que narram a rica história da ilha.

Entre suas principais atrações da capital destacam-se a Co-catedral de São João, famosa por seu impressionante interior e a pintura de Caravaggio, “A decapitação de São João Batista“, e os Jardins Upper Barrakka, que oferecem vistas espetaculares do Grande Porto. O Palácio do Grão-Mestre, agora residência oficial do presidente de Malta, revela a opulência dos antigos governantes com seus tapeçarias e coleções de armas.

As ruas da capital Valeta Malta

#2 Mdina

Mdina, conhecida como “A Cidade Silenciosa”, é a antiga capital de Malta e oferece uma viagem no tempo com suas ruas medievais e arquitetura bem preservada. Localizada no topo de uma colina central, Mdina é uma das cidades que melhor conserva a história da Europa. Suas ruas estreitas e pavimentadas recriam um cenário de contos de fadas. Embora seja uma cidade muito turística, é pouco populosa, com uma população de aproximadamente 306 habitantes.

Em Mdina, a tranquilidade predomina. Entre os pontos de interesse destacam-se a Catedral de São Paulo e o Palácio Vilhena, além do Palazzo Falson (Norman House) e outras edificações de estilo medieval. A cidade também foi cenário de várias produções cinematográficas, incluindo a famosa série “Game of Thrones”. Uma visita a Mdina não estaria completa sem provar a famosa torta de Mdina no Fontanella Tea Garden, enquanto desfruta das vistas privilegiadas do alto da muralha.

As ruas da cidade de Mdina Malta

#3 Rabat

Rabat, adjacente a Mdina, é um tesouro arqueológico famoso pelas Catacumbas de São Paulo e Santa Águeda, construídas no século III d.C. Essas catacumbas foram refúgio dos primeiros cristãos e oferecem uma visão fascinante das práticas funerárias antigas e da história religiosa de Malta. Em Rabat também se encontra o Museu de Antiguidades Romanas, onde é possível admirar um mosaico romano que se preservou quase intacto.

Mdina e Rabat foram construídas pelos árabes sobre uma antiga cidade romana. Recomendamos visitar ambas as cidades em um dia, pois estão a apenas dez minutos de distância e são relativamente pequenas.

As ruas de uma das cidades de Malta, Rabat

#4 Sliema

Sliema é a cidade mais popular entre os expatriados em Malta, conhecida por suas excelentes escolas de inglês e numerosas atividades e encontros para socializar. Aqui, o aluguel é o mais caro da ilha, refletindo sua alta demanda e a qualidade de vida que oferece. Em Sliema, você encontrará uma ampla variedade de restaurantes e lojas, sendo uma das principais áreas comerciais de Malta. Além disso, Sliema também abriga alguns dos hotéis mais luxuosos de Malta, o que a torna um destino popular tanto para turistas quanto para locais.

Se você gosta de caminhar, recomendamos percorrer o calçadão desde St. Julian’s e desfrutar das vistas do mar, das baías, das igrejas e das torres ao longo do caminho, enquanto que Tigné Point oferece panorâmicas incomparáveis de Valeta. Além disso, do porto de Sliema, você pode pegar um ferry que o levará diretamente a Valeta, proporcionando uma conexão rápida e cênica entre essas duas cidades.

Cidade de Malta, Sliema

#5 St. Julian’s

Sem dúvida, St. Julian’s, também conhecida como San Ġiljan, é uma das cidades mais turísticas de Malta. Aqui se encontram algumas das principais escolas de inglês, como ESE, EC e EF, atraindo uma população jovem e multicultural de estudantes de todo o mundo. A cidade tem um ambiente dinâmico e é ideal para aqueles que procuram estudar e trabalhar.

St. Julian’s é particularmente conhecida pelo bairro de Paceville, o epicentro da vida noturna de Malta. Esta área está repleta de bares, discotecas e cassinos, atraindo jovens e adultos que procuram diversão até altas horas da madrugada. Paceville é o lugar ideal para aqueles que gostam de música ao vivo, DJs internacionais e um ambiente festivo.

Para aqueles que procuram entretenimento durante o dia, St. Julian’s oferece centros comerciais, boliches, cinemas e cassinos. Além disso, em St. George’s Bay, você encontrará uma das poucas praias de areia de Malta. Esta praia está sempre animada devido à sua proximidade com as escolas de inglês e muitos hotéis. Além disso, um passeio pelo calçadão oferece vistas impressionantes do mar, e você não pode deixar de visitar a famosa estátua do “LOVE Monument”, construída para que a palavra “LOVE” se reflita nas águas da baía de Spinola. Este lugar é popular entre os casais que colocam cadeados de amor no monumento.

Visita de St. Julian's

#6 As Três Cidades (Vittoriosa, Senglea e Cospicua)

As Três Cidades de Malta, compostas por Vittoriosa (Birgu), Senglea (L-Isla) e Cospicua (Bormla), são um conjunto de localidades históricas situadas no Grande Porto de Malta. Essas cidades, ricas em patrimônio e tradição, oferecem uma visão fascinante da história de Malta, especialmente durante o período dos Cavaleiros de São João. Vittoriosa, a mais antiga, foi a primeira sede dos Cavaleiros de São João em Malta e destaca-se por suas estreitas ruas pavimentadas e arquitetura medieval. Aqui, o Forte de São Ângelo e o Palácio do Inquisidor são visitas obrigatórias, oferecendo uma rica história militar e religiosa.

Senglea, também conhecida como L-Isla, é uma cidade fortificada que oferece algumas das melhores vistas do Grande Porto. Sua localização estratégica a tornou um bastião crucial durante o Grande Cerco de Malta. Os Jardins Gardjola, situados na ponta de Senglea, proporcionam vistas panorâmicas do Grande Porto e de Valeta. A Basílica de Nossa Senhora das Vitórias é um importante local de culto e peregrinação em Senglea, destacando-se por seu significado histórico e religioso.

Cospicua, conhecida localmente como Bormla, é a maior das Três Cidades e desempenhou um papel significativo na história naval de Malta. Conhecida por seus cais e estaleiros, Cospicua tem sido um centro de atividade marítima durante séculos. A Igreja da Imaculada Conceição e a Porta dos Marinheiros são exemplos de sua rica arquitetura e passado militar. Percorrer as Três Cidades a pé permite aos visitantes descobrir cantos escondidos, ruas históricas e edifícios impressionantes, formando um destino imprescindível em Malta.

praça de uma das Três Cidades Malta

#7 Marsaxlokk

Marsaxlokk é um pitoresco vilarejo de pescadores situado no sudeste de Malta, conhecido por seu mercado dominical e seus coloridos “luzzus”, barcos de pesca tradicionais malteses decorados com olhos de Osíris, um símbolo de proteção. O mercado dominical de Marsaxlokk é um dos mais populares de Malta, onde você pode encontrar uma grande variedade de produtos frescos, especialmente frutos do mar, bem como artesanatos e lembranças locais.

Em Marsaxlokk, você pode desfrutar de frutos do mar frescos em um dos numerosos restaurantes à beira-mar, que servem pratos locais como o “lampuki pie” (torta de peixe-dourado) e polvo grelhado.

Vilarejo Marsaxlokk

#8 Mellieħa

Mellieħa, situada no norte de Malta, é conhecida por suas impressionantes praias, sendo a Baía de Mellieħa a maior da ilha. Esta praia é perfeita para famílias e amantes de esportes aquáticos. A praia também conta com várias instalações, como aluguel de guarda-sóis e espreguiçadeiras, além de bares e restaurantes onde se pode desfrutar de uma refeição com vista para o mar.

Além disso, a igreja paroquial de Mellieħa e o Santuário de Nossa Senhora de Mellieħa são visitas obrigatórias para os interessados na história e na cultura local. A combinação de praias douradas e rica herança cultural fazem de Mellieħa um destino perfeito para uma escapada relaxante. Para os amantes da natureza, Mellieħa oferece várias oportunidades para caminhadas. As trilhas atravessam paisagens naturais e sítios históricos, proporcionando rotas que revelam a beleza rural da região.

A igreja de Mellieħa Malta

#9 St. Paul’s Bay

St. Paul’s Bay, conhecida localmente como San Pawl il-Baħar, é uma das zonas turísticas mais grandes e diversas de Malta, situada na costa nordeste da ilha. É a cidade mais populosa de Malta, o que reflete sua popularidade tanto entre locais quanto visitantes.

Bugibba e Qawra, duas áreas proeminentes dentro de St. Paul’s Bay, possuem praias de rochas bem equipadas e uma variedade de centros de esportes aquáticos. O calçadão de Bugibba está repleto de restaurantes, cafés e lojas, e é um lugar perfeito para passear ao pôr do sol. A vida noturna em Bugibba é vibrante, com uma ampla seleção de bares, discotecas e cassinos que atraem tanto turistas quanto locais. Além disso, para os amantes da natureza, a cidade oferece várias trilhas de caminhada que permitem explorar as paisagens costeiras e rurais da área, proporcionando uma experiência completa tanto para aqueles que buscam diversão quanto para os que preferem tranquilidade.

O Aquário Nacional de Malta, localizado em Qawra, é uma das principais atrações familiares. Este aquário abriga uma impressionante variedade de vida marinha local e exótica, e oferece atividades educativas e recreativas para crianças e adultos, fazendo dele um lugar ideal para visitar em família.

St. Paul’s Bay Malta

#10 Mosta

Mosta é famosa por sua impressionante igreja, a Rotunda de Mosta, que possui uma das maiores cúpulas da Europa. A Rotunda de Mosta, oficialmente conhecida como Igreja de Santa Maria, é um dos marcos mais emblemáticos de Malta. A cúpula da igreja, com um diâmetro de 37 metros, é uma das maiores da Europa e a terceira maior cúpula sem suporte do mundo.

Durante a Segunda Guerra Mundial, em 9 de abril de 1942, uma bomba de 500 kg atravessou a cúpula durante uma missa com mais de 300 pessoas presentes, mas milagrosamente não explodiu. Este evento é considerado um milagre pelos locais e é comemorado com uma réplica da bomba na sacristia da igreja.

Outra atração importante em Mosta são as Cavernas de Ta’ Bistra, um complexo de cavernas pré-históricas que oferecem uma fascinante visão da vida em Malta durante a Idade do Bronze. As escavações neste sítio revelaram uma grande quantidade de artefatos e estruturas antigas, proporcionando uma valiosa compreensão da história inicial da ilha.

Mosta Malta

#11 Victoria (Ilha de Gozo)

Victoria, também conhecida como Rabat, é a capital da ilha de Gozo e um centro vibrante de atividade cultural, histórica e comercial. Com uma população de cerca de 7.000 habitantes, Victoria é o coração pulsante de Gozo e oferece aos visitantes uma mistura única de charme tradicional e comodidades modernas.

Um dos locais imprescindíveis para visitar em Gozo em Victoria é a Cidadela, uma impressionante fortificação situada no centro da cidade. A Cidadela tem sido habitada desde tempos pré-históricos e desempenhou um papel crucial na defesa de Gozo ao longo dos séculos. Ao percorrer suas antigas muralhas, os visitantes podem desfrutar de vistas panorâmicas de toda a ilha, incluindo seus campos verdes, colinas onduladas e o azul intenso do Mar Mediterrâneo.

Dentro da Cidadela, encontra-se a Catedral da Assunção, uma igreja barroca do século XVII que é um testemunho da rica herança religiosa de Gozo. O Museu da Catedral e outros museus dentro da Cidadela, como o Museu do Folclore e o Museu Arqueológico, oferecem uma profunda visão da história e da cultura da ilha.

Victoria Gozo Malta